seg., 10 de mai.

|

no Instagram da @_balaiar

LANÇAMENTO BALAIAR: reconectar ser humano e natureza, gerando abundância de vidas

Nós 6 contando sobre nossa jornada de co-criação da Balaiar e tirando dúvidas, num papo guiado pela Bianca Riet, da @pertim.org.

O registro está fechado
Ver outros eventos
LANÇAMENTO BALAIAR: reconectar ser humano e natureza, gerando abundância de vidas

Horário e local

10 de mai. de 2021 19:00

no Instagram da @_balaiar

Sobre o evento

Somos um coletivo, reunido pela missão de regenerar relações. Sonhamos uma vida com sentido, na qual possamos ser na prática a mudança que queremos ver no mundo. Para tanto, acreditamos na criação de um sistema que gera mais do que consome em todos os sentidos. Atuamos em duas vias principais:

* Cultivamos alimentos agroecológicos e agroflorestais na Fazenda Malabar, em Itatiba-SP, e partilhamos essa comida num sistema que busca substituir a cultura do preço pela cultura do apreço, através da formação de uma rede de apoio à ação regenerativa.

* Apostamos também no potencial transformador da educação como caminho para despertares essenciais aos nossos tempos. Acreditamos na importância de um outro olhar e conexão com o nosso alimento, sua origem, as relações envolvidas, seus impactos no mundo. Fazemos isso através de vivências, atividades e cursos, sempre no sentido da reconexão com a natureza pois acreditamos na potência de ambas, educação e natureza, a fim de fazermos deste mundo um lugar melhor.

Nossa proposta é a criação de uma comunidade que sustenta ações prósperas ambiental, financeira e socialmente. Para tanto criamos um sistema no qual cada família contribui com o que pode e usufrui do que necessita, desde que juntos sejamos responsáveis pela saúde financeira do organismo Balaiar.

É um coletivo de apoiadores, ao qual você se filia e, após conhecer a planilha de custos Balaiar, contribui com o valor que te parecer justo, próspero e possível. Seguindo essa lógica, cada pessoa vai contribuir com o que puder, mas vai receber o que precisar, porque aqui acreditamos que justiça não é igualdade e que tanto as necessidades, quanto às possibilidades de contribuição variam e nós acreditamos num mundo que é bom para todas as pessoas e não apenas para quem pode pagar.

Parece revolucionário, mas é simples e a maior revolução é a que acontece dentro de cada pessoa, para aceitar que alguém vai contribuir com mais ou menos do que eu e vai ter acesso às mesmas coisas.

Dia 10 vamos contar mais sobre tudo isso e tirar todas as dúvidas que surgirem, além de marcarmos nosso primeiro encontro de apoiadores para fundarmos oficialmente nosso coletivo de apoiadores Balaiar! Participe!

Compartilhe esse evento