Balaiar - Marca Vertical - branca - fund
IMG_20211113_174500.jpg

Epicentro de reconciliação do ser humano com o ecossistema

Fazemos isso através de dois caminhos principais. 

- cultivo de alimentos agroecológicos: partilhados com uma comunidade de apoio à agricultura regenerativa, através de um sistema de precificação participativa e corresponsabilidade financeira, no qual cada família paga o quanto puder e leva o que precisar. 

- frente educativa: acreditando no potencial e na importância de processos educativos como via para sensibilização, conscientização e reconexão do ser humano com a natureza, prestamos consultorias agroflorestais e organizamos eventos, cursos e vivências. 

A Balaiar fica em Itatiba, dentro da Fazenda Malabar e é fruto de um sonho do bisavô materializado pela bisneta, plantado em 1950 e sendo colhido desde 2017.  Na Fazenda, além de 1 hectare de horta agroflorestal, há uma granja orgânica e um Empório - Café, que oferece alimentação riquíssima e uma estrutura para eventos.


Quem vem com a gente?

Para saber mais de cada uma de nossas frentes de atuação, navegue pelo menu principal no topo da página :)

Grafismos-05.jpg

Ao apoiar a Balaiar você participa da criação de um outro mundo possível, baseado na lógica da abundância e da cooperação.

Grafismos-02.jpg

Mais do que um clube de comida, é um coletivo pra chamar de seu, uma causa para abraçar, um passo dado para fazer do mundo aquele lindo lugar que a gente quer ver ele se tornar.

IMG-20201117-WA0019.jpg
sublinhado2.png

QUEM SOMOS?

Gente junta afim de fazer desse mundo um lugar melhor para todes.

Balaiar é espaço aberto, em constante criação  e experimentação, de vias, caminhos, trilhas, passagens em busca da reconexão entre ser humano e natureza.

Balaiar é verbo transitivo, por isso transita e transforma. Sempre em busca do próximo passo, projeto, cultivo, parceria, associação.

Pasto rumo à floresta, cultivamos alimentos em sistemas agroflorestais. Cultivamos relações mais cuidadas, dialogadas, possíveis, vivas, diversas, sempre em transformação.

Cultivamos caminhos abertos para um mundo melhor passar. 

Ao não saber que era impossível, foi lá e fez

Jean Cocteau